PESQUISA REVELA QUE HOMENS SÃO MAIS FIÉIS NA COMPRA DE PRODUTOS DE HIGIENE E BELEZA


Maioria dos consumidores antes da compra pesquisa sobre os produtos na Internet e é influenciada pela televisão, mas 92% consideram a qualidade como principal fator na hora da compra

 

Um levantamento realizado pelas empresas Hibou e PiniOn (a primeira, de pesquisa com foco em monitoramento de mercado e consumo; e a segunda,plataforma que combina tecnologia mobile e o crowdsourcing e capta a opinião a respeito de marcas e temas diversos),com a participação de 3.250 usuários de iPhone de todo o Brasil, mostra, entre outros dados, que os homens são mais fiéis e racionais no uso de produtos de higiene e beleza.

 

A compra

 

Entre os principais fatores considerados na hora de efetuar a compra, 92%dos entrevistados levam em conta a qualidade do produto, enquanto 72% se atentam ao preço e 57% compram apenas pela marca.

 

Em relação aos produtos que disponíveis hoje no mercado, 86% dos entrevistados disseram se sentir satisfeitos com os produtos oferecidos atualmente. Quanto aos preços, 72% consideram os produtos de higiene e beleza muito caros contra 28% que acham que o valor é justo.

 

Na hora da compra, 57% afirmam comprar apenas o necessário, enquanto os outros 33% acreditam que exageram às vezes e apenas 1% se considera compulsivo na hora da compra.O gasto mensal da maioria fica entre R$21 e R$100 (62%).

 

Os supermercados (83%),drogarias e farmácias(82%)  são os principais estabelecimentos escolhidos para a compra destes produtos. 64% se consideram fiel ao local.

 

Comportamento

O cuidado com a beleza foi apontado por 95% dos entrevistados como fator que pode aumentar as chances de sucesso na vida pessoal e profissional. “Ao realizarmos esta pesquisa, observamos que muitos se consideram vaidosos (77%) e o curioso é que, ao mesmo tempo, eles se questionam se é necessário ou supérfluo produtos de beleza e higiene” explica Lígia Mello, sócia da Hibou e coordenadora da pesquisa. “Além disso, os consumidores ainda se influenciam mais pela TV do que internet. Isso nos mostra, que a mídia TV em nosso país possui um papel qual que decisório e influenciador na hora do brasileiro gastar” complementa Lígia.

Grande parte das pessoas realiza pesquisas na Internet antes da aquisição (59%), mas a TV fica em primeiro lugar, com 60% das respostas, seguida por sites (51%), revistas (47%) e redes sociais (36%).

 

Os brasileiros na hora de comprar levam em consideração o fator principal: motivação. Nesta pesquisa, 75% dizem considerar recomendações sua principal motivação e 41%, promoções. “O que nos chamou atenção é que após a compra de um novo produto, 57% continuam comprando a mesma marca após terem um resultado positivo” diz Ligia. Já 42% levam em conta a indicação dos profissionais e 37% dos amigos e familiares.

 

Homens x Mulheres

 

“Levando em conta a separação por sexo, as mulheres ficam à frente em relação à compra de supérfluos e, consequentemente, nos gastos. Mas elas, apesar de serem mais influenciadas pela mídia, costumam pesquisar mais do que eles na Internet e levam bem mais em conta a opinião de profissionais e indicação de outras pessoas”, ressalta João Paulo,Gerente de Produto do PiniOn.

 

Apenas 39% das mulheres dizem comprar o que realmente precisam e 52% confessam que exageram, contra 71% dos homens que compram apenas o necessário e 18% vão bem além. Na hora da compra, 83% das mulheres são motivadas por recomendação, contra 69% do sexo masculino.

 

Em relação aos gastos mensais, 24% das mulheres e 35% dos homens gastam de R$21 à R$50;32% das mulheres e 33% dos homens costumam gastar de R$50 à R$100; e 29% das mulheres e 21% dos homens que gastam cerca de R$ 100 à R$ 200.

 

 

Sobre o PiniOn

Fundado em janeiro de 2013, o PiniOn é uma plataforma que combina tecnologia mobile e o crowdsourcing, que capta a opinião a respeito de marcas e temas diversos bem como insights criativos de seus usuários durante o momento de consumo.  Por meio do aplicativo mobile, as empresas oferecem aos usuários missões que geram recompensas aos participantes, de acordo com a complexidade de cada atividade. O PiniOn possibilita que os tomadores de decisão das companhias possam ter uma visão dinâmica e continua da opinião dos consumidores e seus públicos, e fornece dados para as empresas que podem ser decisivos na elaboração de suas estratégias . A plataforma já conta com 20 mil usuários cadastrados e mais de 100 mil missões aprovadas.

 

Sobre Hibou

A Hibou é uma empresa especializada em pesquisa de mercado e monitoramento. Da palavra francesa “coruja”, a Hibou traz o significado do olhar além dos 180°. A empresa tem como principal diferencial a inserção dos resultados das pesquisas dentro do dia a dia do consumidor, propondo muito além do resultado objetivo, sugestões de desdobramentos e abordagens. MaxHaus, Gafisa e o grupo argentino de seguros Sancor, são alguns dos clientes da Hibou, que oferece pesquisas qualitativas, quantitativas; exploratórias; profundidade; de campo; duble de cliente; deskresearch; datamining; e monitoramento de comportamento; presença de marca; expansão de região (acompanhamento de plano diretor); expansão de mercado para produtos e serviços; teste de produto e hábitos de consumo.

 

Você pode também se interessar por

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Sobre: Comportamento

DON'T MISS

Compartilhar Conteúdo
Release / Artigo
Texto com Imagens
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Fotos e Imagens