Fundação CDL Uberlândia convida empresas a serem parcerias do CDL Aprendiz


0

A Lei de Aprendizagem traz para a empresa uma atitude de responsabilidade social à medida que esse processo significa abrir uma via de mão dupla: ensinar e aprender ao mesmo tempo; promover os direitos elementares de cidadania; e investir no futuro da própria empresa, formando profissionais qualificados inseridos em sua cultura organizacional.

O Programa CDL Aprendiz vem de encontro a sua missão que é desenvolver pessoas e organizações para o mundo do trabalho, por meio de ações educacionais; bem como, qualificar e capacitar pessoas para o desempenho profissional, visando à ampliação das condições de empregabilidade.

Para Bânia Poli, coordenadora executiva da Fundação CDL, o Programa tem como principal objetivo proporcionar, na forma da lei, aos jovens aprendizes contratados por empresas do Setor de Comércio, Serviços e Indústrias, competências necessárias ao desenvolvimento de uma atuação profissional qualificada e responsável. Em suma, educar para o trabalho.

Atualmente, o CDL Aprendiz conta com seis turmas em andamento, com 30 alunos matriculados em cada. Os jovens trabalham 20 horas semanais, no entanto, quatro dessas horas são para as aulas teóricas ministradas na Fundação CDL. “Queremos abrir mais uma turma de 30 alunos em setembro e contamos com o apoio de novas empresas”, disse a coordenadora executiva da Fundação CDL.

A Autus, a maior Concessionária Chevrolet do interior de Minas, atuante em Uberlândia, é uma das empresas que dá oportunidade aos jovens. A analista de RH, Taciana dos Santos Anjo disse que os adolescentes são bem acolhidos e respondem bem as funções atribuídas. “Todos os jovens que passaram por aqui e estão conosco são tratados como um funcionário normal. Antes de entrarem, todos passam por um processo de seleção. Os escolhidos atuam nos setores: administrativo, vendas, departamento de pessoal, contabilidade, financeiro e no estoque. Eles não têm experiência, por isso, esse projeto é tão importante, pois abre portas”, disse a analista.

Outra empresa que também não mede esforços para ajudar é a Sotreq, uma das maiores revendedoras de produtos, serviços e sistemas Caterpillar do mundo. A auxiliar administrativo, Verônica Barros Oliveira disse que a empresa conta com três jovens aprendizes nos setores administrativos, serviços e almoxarifado. “Todos têm 18 anos. Quando chegam, faço a triagem e o acompanhamento deles em suas tarefas diárias. Eles contribuem muito. Nós ficamos felizes em poder colaborar com o aprendizado deles. Todos reconhecem a importância da empresa na formação e ficam agradecidos”, disse Verônica.

As empresas interessadas em somar com o CDL Aprendiz podem entrar em contato pelo telefone (34) 3239-3449 / 3239-3492 ou pelo e-mail: [email protected]


Gostou? Compartilhe!

0
Compartilhar Conteúdo
Release / Artigo
Texto com Imagens
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Fotos e Imagens