Combinando Palavras, Sessão Clássicos da Minha História e Conferência são atrativos da Feira Nacional do Livro nesta segunda-feira (21)

Marina Colasanti, Ignácio de Loyola Brandão, Alice Ruiz e Goimar Dantas são alguns dos destaques que vão passar pela Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto nesta


0

Ribeirão Preto (SP), 20 de Maio de 2018 – Nesta segunda-feira (21), a 18ª Feira Nacional do Livro traz grandes nomes da literatura brasileira para Ribeirão Preto. O dia começa com o primeiro encontro entre estudantes do 6º ano da rede municipal de ensino e a autora infantojuvenil homenageada pelo evento, Marina Colasanti, às 8h30, no Teatro Municipal. Às 14h30, a escritora receberá alunos na Sala Principal do Teatro Pedro II.
A atividade faz parte do Projeto Combinando Palavras, que pelo segundo ano consecutivo, é realizado pela Fundação do Livro em parceria com o Sesc e a Diretoria de Ensino. O projeto oferece aos estudantes a possibilidade de terem contato com a obra de grandes escritores nacionais e ainda encontrá-los pessoalmente durante a feira. Neste ano participam 7 mil estudantes de 14 cidades. Os autores escolhidos para o projeto e presentes na feira são Alice Ruiz, Cristovão Tezza, Eliane Brum, Elisa Lucinda, Fernando Bonassi (para a rede estadual de ensino); Mariana Colasanti para os estudantes do ensino municipal e ainda Pedro Bandeira para o Projeto Educandário.
Para participar do encontro com os autores, os alunos vêm munidos com trabalhos, homenagens, presentes, apresentações teatrais e musicais, declamação de poesias e muitas perguntas. “Os estudantes passam por um tra¬balho de formação de leitura em sala de aula e em atividades extras durante o primeiro trimestre do ano letivo, com apoio de seus professores que recebem formação adequada em oficinas oferecidas pela Fundação”, explica a presidente da Fundação do Livro e Leitura, Adriana Silva.

A presidente da Fundação avalia que, com o Combinando Palavras, a entidade migrou, definitivamente, da base da difusão para formação de leitores e pretende consolidar esse papel. “Neste ano, os números e propósitos do projeto foram mantidos, mas estamos certos que entramos numa fase de transformação. Assim podemos afirmar que Ribeirão Preto é uma cidade que eleva a quantidade de leitores do nosso país”.
Para Mauro Jensen, gerente do Sesc Ribeirão Preto (parceiro cultural da feira), o resultado esperado é que o proje¬to realmente contribua para a formação de leitores e estimule a curiosidade dos jovens pela literatura. “Trata-se de um projeto que mobiliza professores e estudantes em torno da literatura”, explica. Para Mauro, independente do crescimento dos números de leitores que o projeto consiga contribuir, interessa ao Sesc SP pensar na qualidade do que se lê.

A diretora da Regional de Ensino de Ribeirão Preto, Simone Maria Locca, ressalta que o projeto oferece conhecimento extra aos alunos. “Temos que dar valor àquilo que está dando certo”, conclui.

Sesssão Clássicos da Minha História
Nesta segunda-feira (21), o público da Feira Nacional do Livro também vai conhecer a Sessão Clássicos da Minha História, novidade neste ano. A atividade acontece às 10h30, no Auditório Meira Júnior do Theatro Pedro II, com a participação do escritor Ignácio de Loyola Brandão com o tema “A Importância dos Clássicos Juvenis na Formação do Leitor. Loyola fala sobre duas obras campeãs mundiais de vendas: Vinte Mil Léguas Submarinas de Julio Verne e Robinson Crusoé, romance escrito por Daniel Defoe.

Outros destaques do dia
Alice Ruiz, uma das indicadas do projeto Combinando Palavras desta 18ª edição da Feira do Livro, participa de Salão de Ideias com o público da feira, às 16h30 no Auditório Meira Júnior. Poeta e haikaísta, ela possui 21 livros e ganhou vários prêmios, incluindo o Jabuti de Poesia, de 1989, pelo livro Vice Versos e o Jabuti de Poesia, pelo livro Dois em Um. A autora compõe letras desde os 26 anos. Seu primeiro CD, Paralelas, foi produzido em parceria com Alzira Espíndola e participações de Zélia Duncan e Arnaldo Antunes.

Às 17h acontece o espetáculo “A Saga do Herói Morto”, com a Cia do Caixote, atividade promovida pelo Sesc. O espetáculo cômico resgata o imaginário do herói por meio de sua jornada, recriando personagens típicos e figuras que o habitam e também reconstrói um contexto histórico da Idade Média, em plenos dias atuais, mostrando que as relações sociais e os arquétipos ainda sobrevivem ao convívio, história e imaginário popular.

Às 19h30, a feira promove o encontro com a escritora, roteirista e jornalista, Goimar Dantas, que apresenta o Sarau Veia em Versos. O evento será realizado no Auditório Pedro Paulo da Silva, no Centro Cultural Palace e terá poesias de Castro Alves, Manuel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade, Adélia Prado e Hilda Hilst e ainda bate-papo seguido de sessão de autógrafos. Goimar Dantas é mestre em Comunicação e Letras pela Mackenzie. Em 2011, foi finalista do Prêmio Jabuti com a biografia Cortez – A Saga de um Sonhador, em coautoria com Teresa Sales. A atividade é direcionada a estudantes do EJA – Educação de Jovens e Adultos.

Também às 19h30, acontece o lançamento do livro História do Dia – Um olhar sobre o Cotidiano pela Trajetória de 50 pessoas com a jornalista Daniela Penha, no Auditório Meira Júnior do Theatro Pedro II. O livro é resultado do primeiro ano do projeto História do Dia – o site www.historiadodia.com.br que conta histórias de vidas. Todos os dias, no portal, a jornalista Daniela Penha conta uma história diferente. Até dezembro de 2017, o projeto já narrou vidas de 192 pessoas. E continua a contar. Os personagens são diversos: artistas, mães, vendedores ambulantes, médicos, gente comum. Para o livro, publicado pela editora Outras Palavras, foram selecionadas 50 histórias. O lançamento contará com a participação especial da artista performática Anna Ferreira, com uma performance corporal Corpo/Tela/ Descrição Aquarela Corporal – uma mistura entre artes plásticas e estatuísmo. Anna Ferreira é pedagoga, atriz, bailarina e artista performática.

A noite termina com uma Conferência com o filósofo Mario Sergio Cortella, às 19h30, na Sala Principal do Theatro Pedro II.  Liberdade, felicidade, sucesso, vida e motivação, o cenário atual do país, a importância da ética e a consciência, o conhecimento e a educação. São muitos os temas que permeiam as provocações filosóficas de Mario Sergio Cortella. Nesta 18ª edição da feira, o autor traz novas indagações em uma conferência instigante sobre a  importância das histórias.

É graduado em Filosofia, mestre em Educação pela PUC/SP e doutor em Educação pela PUC/SP. Foi professor titular da PUC-SP, além de professor-convidado da Fundação Dom Cabral e do GVpec da FGV-SP.

Outras atividades do dia
9h | Salão de Ideias
Adolescência e Drogas
Camila Andrade
Local: Auditório Sincovarp
O encontro faz parte do Ciclo de Palestras realizada pelo Comad (Conselho Municipal sobre Álcool e Outras Drogas de Ribeirão Preto). Camila Andrade é psicóloga e atua em programas de atendimento a crianças e a adolescentes em situação de risco. É pós-graduada em Dependência Química pela USP/SP e em Neuropsicologia Clínica pelo Instituto Brasileiro de Neuropsicologia. É também coordenadora da Associação Assistencial Dona Nair Manoelina de Oliveira.

9h | Cine-Literatura
De Frankenstein a Indiana Jones – Representações da Imagem do Cientista
[ Caio de Castro e Freire, Michele Dayane Facioli Medeiros e Rafael Gil de Castro]
Local: Biblioteca Padre Euclides
Se você curte cinema, venha participar desta discussão com os professores mestres Caio de Castro e Freire, Michele Dayane Facioli Medeiros e Rafael Gil de Castro. O encontro fará uma análise sobre como a imagem do cientista é retratada por alguns filmes, discutindo o quanto condiz ou não com a realidade.

9h às 13h | Oficina
Tecendo Poesias (atividade Sesc)
Zezé Cherubin
Local: Gabinete de Curiosidades e Habilidades
A oficina usará a poesia brasileira como fonte de inspiração para, a partir de leituras e brincadeiras poéticas, interligar as artes literárias com as artes manuais,  estimulando o sentido do tato, da memória afetiva, da estética visual e da escuta.

10h Declamação dos Poemas de Cecília Meireles (atividade Sesi)
Local: Estande da Fundação | Espaço do Leitor
Interpretação do acervo poético da autora Cecília Meireles, com participação de alunos do ensino médio do Sesi.

10h | Salão de Ideias  
Os Jogos Florais, o Movimento da Trova e os Trovadores Ribeirão-pretanos  de Ontem e de Hoje [Nilton Manoel]
Local: Centro Cultural Palace – Auditório do Pedro Paulo da Silva
Um encontro para manter  na lembrança os trovadores do passado e animar a produção literária dos trovadores do presente. O encontro irá ensinar os caminhos para uma boa trova. Nilton Manoel é jornalista, poeta e prosador. É filiado a União Brasileira de Trovadores, União Brasileira de Escritores, Academia Brasileira de Poesia, Academia Brasileira de Trova, Instituto Histórico e Geográfico do DF. Tem livros editados e prêmios recebidos.

10h | Narração de Histórias
Menina, a gaiola e a bicicleta
Ademir Apparicio Junior
Local: Tenda Sesc
Um menino ganha um bicicleta e convida uma menina para dar o seu primeiro passeio. Ela aceita, mas com uma condição:  levar o seu pássaro dentro de uma gaiola enorme.
Obs. Atividade acessível em Libras

12h às 14h | Intervenção
Teatro Lambe-Lambe (atividade Sesc)
Cia Teatro de Caixeiros
Local: Esplanada do Theatro Pedro II
Intervenção coletiva de teatro lambe-lambe que propõe ao público  transitar por diversas caixas e assistir a diferentes histórias contadas por meio de técnicas de teatro de animação. O teatro lambe-lambe é uma linguagem de formas animadas que ocupa um espaço cênico em escalas reduzidas, confinado em uma caixa de dimensões mínimas.  

14h às 18h | Oficina | Mini Livro (atividade Sesc)
Dayane Oliveira
Local: Gabinete de Curiosidades e Habilidades
Os participantes poderão criar as suas histórias e personalizar o seu próprio livro.

14h | Espetáculo de Circo
El Grand Enano – Cia H20 Boom (atividade Sesc)
Local: Tenda Sesc
Balões e mais balões de diferentes formas e cores em um jogo interativo. Farinha, bola de ping-pong, agulhas e vários outros elementos compõem as cenas de diversas maneiras para utilizar os balões que sempre terminam num “Boom”.

14h | Ciclo de Palestras/Comad – Amor Exigente
[Luís Antonio Damasceno]
Local: Sincovarp
O encontro faz parte do ciclo de palestras realizada pelo Comad (Conselho Municipal sobre Álcool e Outras Drogas de Ribeirão Preto). O palestrante é conselheiro do Conselho Municipal sobre Álcool e Drogas e coordenador regional do Amor Exigente.
14h | Apresentação Musical
Cantores Caipirinhas
Local: Centro Cultural Palace – Auditório Pedro Paulo da Silva

14h30 | Salão de Ideias
Construção e Desconstrução do Texto
Waldomiro Waldevino Peixoto, Rosa Cosenza, Alberto Cosme Gonçalves e Geovah Paulo da Cruz
Local: Centro Cultural Palace – Auditório Pedro Paulo da Silva
Waldomiro Waldevino Peixoto é professor, formado em Letras pela Instituição Moura Lacerda, com especialização em Estrutura Morfossintática da Língua Portuguesa.  Autor do livro Faca Amolada. Rosa Cosenza é licenciada em Línguas Neolatinas, pedagoga, professora e advogada. É mestre e doutora em Letras. Membro da União Brasileira de Escritores, da Academia Ribeirãopretana de Letras, da Academia Ribeirãopretana de Letras Jurídicas, da Academia de Letras, Ciências e Artes da Afpesp. Autora dos livros: O 7º Sentido e Gotas de Oração, Gotas de Contos, Gotas de Reflexão, Gotas de Poemas, Gotas de Crônicas, Gotas de Haicai e Gotas de Trovas. Alberto Cosme Gonçalves, membro da ARL (Academia Ribeirãopretana de Letras). É autor dos livros: MercoÁgua: o Desafio Ecológico e as Reservas de Água do Cone Sul, Delmiro Gouveia: Era uma Vez no Sertão, Gotas de Reflexão, A Mente de Deus: uma viagem pelo universo quântico  e Sobrenatural: muito além da realidade. Geovah Paulo da Cruz é médico oftalmologista, biólogo e escritor. É membro da Academia Ribeirãopretana de Letras. Autor dos livros Referenciais para o Trilênio, Sem Meias Palavras, Heresia-Mistério no Sinai, Via oral – um Doutor na Cozinha.

14h30 | Apresentação Musical
Ópera Judas em Sábado de Aleluia com Alma (Academia Livre de Música e Artes)  
Local: Teatro Municipal
A obra Judas em Sábado de Aleluia é uma opereta bem brasileira, de autoria de Lucas Eduardo da Silva Galon (diretor artístico e pedagógico da Alma) e José Gustavo Julião de Camargo (USP/RP), com libreto de José Maurício Cagno (coordenador teatral da Alma) – adaptado do texto original de Martins Pena, escrito em meados do Século XIX, mas que supera a extensão histórica, com retratos atuais da sociedade. A ópera é encenada por jovens do teatro, coro e orquestra acadêmica da Alma (Academia Livre de Música e Artes). O espetáculo é uma realização da Alma e Governo de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, via lei de incentivo do ProAC.

15h às 17h | Intervenção
Pernacoteca – A Encantadora Biblioteca Sobre Pernas (atividade Sesc)
Cia Eureka
Local: Esplanada do Theatro Pedro II
Uma biblioteca sobre pernas que viaja o mundo convidando as pessoas a conhecerem melhor o universo dos livros.  

17h | Apresentação Musical
Grupo Tatu na Tulha
Local: Auditório Pedro Paulo da Silva – Centro Cultural Palace
Composto por estudantes do curso de música da USP (Ribeirão Preto), o grupo aborda o repertório comum à prática das rodas de choro com a inserção de novos elementos da música de concerto e da música caipira. O Tatu na Tulha brinca de fazer música e aprende a cada nova experiência com o público, tentando manter o espírito espontâneo – tão característico das práticas musicais consolidadas no Brasil

19h | Salão de Ideias
Inclusão
Mariana Issac Campos
Local: OAB
Doutora em Educação Especial pela UFSCar e mestre em Educação pela UFSC, é docente adjunta do Departamento de Psicologia da UFSCar e coordenadora do curso de Bacharelado em Tradução e Interpretação em Libras /Língua Portuguesa. Vice-Presidente da Associação de Surdos de São Carlos. Primeira doutora surda do Estado de São Paulo.

19h30 | Sarau Artístico-Literário
Participação de alunos do Curso de Letras do Centro Universitário Barão de Mauá
Local: Biblioteca Altino Arantes – Jardim
Sarau artístico-literário promovido pelos alunos do curso de Letras do Centro Universitário Barão de Mauá, juntamente com seus professores e a coordenação do curso. O evento conta com encenações, declamações e apresentações musicais.

18ª Feira Nacional do Livro
Um dos maiores eventos culturais do país, a Feira Nacional do Livro completa 18 anos e acontece entre os dias 20 a 27 de maio de 2018. Com o tema “As Histórias que os Livros Contam e as Leituras que a Gente Faz”, a programação conta com atividades gratuitas entre salões de ideias, conferências, sessões Clássicos da Minha História, palestras, mesas-redondas, oficinas, shows, espetáculos infantis, performances, contações de histórias, entre outras.
Neste ano, a programação não só lança diversas novidades, como as Sessões Clássicos da Minha História, conferências com o tema da feira baseadas em livros clássicos e espetáculos musicais inéditos, entre outras.  Uma programação bem variada, com cerca de 250 atividades culturais – com atrações para todos os públicos e idades – e participação de grandes estrelas da literatura nacional para Ribeirão Preto.

Homenageados
Como em todos os anos, a Feira do Livro fará homenagem a um país – e o escolhido foi Uruguai.  Quanto aos autores celebrados, o escritor principal é Sérgio Buarque de Holanda; o autor educação é Antonio Candido; a autora infantojuvenil é Marina Colasanti; autor local, Camilo Xavier e a professora homenageada, Heloisa Martins Alves. Como patrono, a direção da feira indicou o advogado Sérgio Roxo da Fonseca.
Realização
O Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Alta Mogiana, GasBrasiliano e Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto apresentam a 18ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto com Patrocínio Ouro Alta Mogiana – Açúcar, Etanol e Energia e Gás Brasiliano.  Patrocínio Prata Ambient, Centro Universitário Estácio de Ribeirão Preto, Grupo São Francisco e Savegnago Supermercado. Patrocínio Bronze Grupo Maubisa, Pedra Agroindustrial e Ribeirão Shopping  Patrocínio  ACIRP – Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto, Madeiranit, Passalacqua e  Via Brasil Seminovos. Instituição Cultural Parceira SESC – Serviço Social do Comércio. Parceiro Cultural Fundação Dom Pedro II e Theatro Pedro II, Immaginare Escola de Criação e Design, Santa Helena, Senac – Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SESI – Serviço Social da Indústria, Grupo Thathi de Comunicação e Unaerp – Universidade de Ribeirão Preto. Apoio Cultural  Centro Universitário Barão de Mauá, Centro Universitário Moura Lacerda, Estevan Soares, Heurys Tecnologia, Monreale Hotel – Ribeirão Preto, NW3 Comunicação, Verbo Nostro Comunicação Planejada, EPTV, Jornal A Cidade, Rádio CBN, G1 e A Cidade On. Apoio Secretaria Municipal da Cultura, Secretaria Municipal da Educação, Teatro Municipal de Ribeirão Preto, Centro Cultural Palace, Diretoria de Ensino Região de Ribeirão Preto, Câmara Municipal, Biblioteca Altino Arantes e Fundação Educandário, Colégio Marista, Biblioteca Padre Euclides, Colégio Auxiliadora, OAB, Sincovarp-Sindicato do Comércio Varejista de Ribeirão Preto, Macboot, Usina São Martinho, Grupo Utam, IPCCIC – Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais, Ribeirão Preto Film Comission, Recicla Bytes, Coderp, Daerp, Transerp, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Municipal e Polícia Militar. Realização Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, Prefeitura Municipal, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura, Ministério da Cultura, Brasil – Governo Federal.

Sobre a Fundação
A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade. Hoje, é considerada a segunda maior feira a céu aberto do país. Com uma trajetória sólida e projeção nacional e internacional, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza muitos outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura com calendário de atividade durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do Proac.

Atendimento à Imprensa
Verbo Nostro Comunicação Planejada – (16) 3632-6202 / 3610-8659
Jornalistas responsáveis:
Luciana Grili (16) 99152 2707 ([email protected])
Andrea Berzotti (16) 99138 6185 ([email protected])
Valter Jossi Wagner (16) 99152 2700 ([email protected])
Colaboração: Juliana Castro,  Alessandra Rotolo e Julio Fontes (redaçã[email protected]  ou [email protected])


Gostou? Compartilhe!

0
Compartilhar Conteúdo
Release / Artigo
Texto com Imagens
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Fotos e Imagens