Tecnologia sai das clínicas de dermatologia para ser utilizada em casa


0

Aparelhos de laserterapia podem ser incluídos na rotina de beleza para ajudar no controle de queda, potencializando o tratamento e crescimento dos fios.

A queda capilar é causada, na maioria das vezes, pelo estresse, fatores genéticos e/ou hormonais. O primeiro passo para tratar essa condição é consultar um dermatologista para que ele consiga detectar a causa, o estágio da calvície e indicar o melhor método para o paciente. Vale ressaltar que a automedicação pode prejudicar ainda mais a saúde dos fios, já que cada caso exige um tratamento diferente. 

Hoje, o mercado oferece uma séria de opções para interromper a progressão da queda dos fios. O tratamento clínico, medicações tópicas e sistêmicas, vai depender da extensão da doença, do sexo do paciente e das alterações associadas. Nos casos mais avançados pode até haver necessidade do implante capilar. 

Um dos tratamentos que tem feito bastante sucesso é a mesoterapia capilar, técnica que consiste na aplicação de medicamentos e princípios ativos diretamente no couro cabeludo. Aliada à laserterapia, essa técnica pode potencializar ainda mais o crescimento do cabelo e o estimulo ao folículo, cessando a queda e promovendo a saúde dos fios. 

Esse procedimento de laser de baixa potência, além dos consultórios, também pode ser utilizado em casa. A Onderma, empresa voltada a tratamentos capilares, apresenta essa tecnologia em home devices que auxiliam não somente interrompendo a queda, mas também eliminando as toxinas, promovendo aumento da síntese proteica, estimulando o metabolismo celular, aumentando o aporte de nutrientes, acelerando o crescimento epitelial com melhor cicatrização, reduzindo a inflamação e estimulando o crescimento dos fios.

Sem contraindicações, os aparelhos podem ser incluídos na rotina de beleza. O Hairmax Laserband 82, por exemplo, é uma tiara de laser com 82 pontos de laser e pente para separar os fios que possui indicação de uso de 9 minutos, 3 vezes por semana. O número de pontos de lasers e sua distribuição são essenciais para a ação rápida e prática, enquanto o design anatômico propicia a utilização em diversas áreas da cabeça, atingindo todo couro cabeludo e otimizando os resultados de tratamentos domésticos.

Já o iGrow Laser é um capacete com 51 pontos de luz, sendo 21 de laser de diodo e 30 de LED, que incidem diretamente sobre o couro cabeludo, exigindo apenas 20 minutos de uso, três vezes por semana. Este impulso de laser aumenta o fluxo sanguíneo, levando mais oxigênio e nutrientes aos folículos, além de ativar as defesas antioxidantes e acelerar a eliminação de resíduos. 

Ambos têm segurança e qualidade garantidas por aprovação do FDA (Food and Drug Administration, a agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos) e da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Os produtos são distribuídos no País pela Onderma (www.onderma.com.br).


Gostou? Compartilhe!

0
Compartilhar Conteúdo
Release / Artigo
Texto com Imagens
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Fotos e Imagens