Encontro, em Cascavel, inspira empresários a pensar cenários e projetar negócios

Desafios do Comércio aconteceu no último dia 25 e reuniu empresas do oeste do Paraná


0

Temas como os desafios e oportunidades da gestão de micro e pequenas empresas e sucessão familiar foram algumas das abordagens da primeira edição do Desafios do Comércio, evento organizado pelo Sebrae/PR, em Cascavel. O encontro de relacionamento reuniu 64 empresários da região na última quinta-feira (25) e teve como objetivo abrir discussões sobre as demandas das empresas familiares além de promover o networking entre os participantes.

Para o gerente da Regional Oeste do Sebrae/PR, Augusto Cesar Stein, o evento é especial para a entidade. “É o momento em que podemos estar mais perto de nossos clientes, reunidos em setores específicos, como este do comércio. Seminários assim acontecerão em todo o Estado em segmentos variados e Cascavel foi escolhida para dar start junto as empresas do comércio que, em novembro, também têm encontro marcado de bate-papo setorial”, indica.

O próximo encontro, que acontecerá no dia 30 de novembro, terá como tema proposto a transformação digital para o comércio varejista. O evento será o “Encontros do Comércio”, conforme explica a consultora do Sebrae/PR, Danieli Doneda. “Estarão reunidas cerca de 140 pessoas, entre empresários e entidades envolvidas com o comércio no oeste do Paraná. O principal objetivo será celebrar os resultados das turmas dos projetos do varejo deste ano”, aponta.

De acordo com o assessor de presidência da Fecomércio PR, Paikan Salomon de Mello e Silva, o tema dos “Encontros do Comércio” foi identificado como importante no decorrer da aplicação dos projetos de varejo. “A transformação digital é muito rápida. Nos últimos dois anos de parceria em projetos do varejo é que visualizamos esse tema como central e, nos últimos seis meses, construímos a ferramenta que poderá atender a essa lacuna de transformação digital nas empresas do comércio”, contextualiza.

Paikan ressalta que o tema será exposto aos lojistas ainda neste ano. Mas, em 2019 estará disponível como um módulo especial para os empresários que participam dos projetos do segmento, parcerias entre a Fecomércio PR e Sebrae/PR, a exemplo do Varejo Mais, Varejo Mais em Ação, Projeto de Revitalização de Áreas Comerciais e Top Loja. “A ideia é que o empresário acompanhe a evolução da transformação digital em tempo real”, destaca.

Empresa familiar

A palestra principal do Desafios do Comércio foi apresentada pelo coordenador estadual de Comércio, Franquias e Serviços do Sebrae/PR, Luiz Antonio Rolim de Moura, que motivou os empresários a analisar seus negócios visualizando os desafios e oportunidades enquanto empresas familiares. “Quando termina a empresa e começa a família?”, foi uma das primeiras reflexões de Rolim de Moura.

Para ele, a linha é tênue: “nas empresas familiares isso praticamente não existe. O que não pode é ‘misturar’ o dinheiro”. “Quem, com emoção, não olha para a empresa e vê a própria casa?”, indagou dando algumas dicas para manter vivas as histórias de fundação e desenvolvimento das empresas familiares.

“Crie raízes que alimentam e não âncoras que imobilizam. Importante é conviver, achando o ponto de não-conflito; ter um mediador aceito, para manter e conduzir os diálogos mais difíceis; foque em relações, que é uma das vantagens das micro e pequenas empresas; e mantenha a reputação do seu negócio, que é o maior patrimônio do seu negócio”, encorajou.

Inspiração

Para a empresária Vanessa Castilhos, que acompanhou o seminário em Cascavel, as reflexões serviram para repensar o negócio. “Estamos na 2ª geração da empresa familiar e em capacitações como esta podemos prepará-la para que as novas gerações assumam um negócio mais organizado, com menos conflitos do que tivemos na primeira sucessão”, afirma.

Já o empresário Walter Yamaguchi ainda não pensa em sucessão, mas levou a família toda para o seminário. Ele e a esposa Emi são sócios e a filha mais velha Maira, às vezes ajuda os pais com dicas para a empresa. “Vamos levar os ensinamentos para conversar em casa. É interessante saber que as outras empresas familiares também passam pelo que vivemos na nossa”, aponta Walter.

Quem também aprovou a proposta do Desafios do Comércio foram os presidentes dos sindicatos que representam as empresas do comércio, Leopoldo Furlan, do Sindilojas em Cascavel; e Nelcir Ferro, do Sinfarma Oeste. Além de palestra e dinâmica que desafiou os empresários a escrever em um pergaminho como serão suas empresas daqui a cinco anos, o evento contou com momento de networking.

“Recebemos informações com as palestras, mas é em momentos mais informais, de oportunidade de integração com outras pessoas que mais aprendemos”, argumenta Furlan. “Nunca temos conhecimento suficiente. Assim, são ocasiões como estas que promovem momento de reflexão, incentivo às mudanças de pensamento e despertar para o desenvolvimento empresarial”, frisa Nelcir Ferro.

Vem crescer com o Sebrae

O Sebrae/PR é o parceiro certo para micro e pequenas que desejam crescer e estar sempre um passo à frente. Com mais de 45 anos de atuação, a entidade trabalha para fomentar o empreendedorismo, promover a competitividade, a inovação e disseminar conhecimento sobre gestão. Com o Sebrae/PR, as MPEs podem se diferenciar no mercado. Deseja ampliar os negócios ou pretende iniciar um, comece em www.sebraepr.com.br/umpassoafrente


Gostou? Compartilhe!

0
Juliana Dotto

Compartilhar Conteúdo
Release / Artigo
Texto com Imagens
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Fotos e Imagens