Publicado em Saúde

Já ouviu falar em lipoescultura gessada?

por em19 Maio 2017 180 acessos
  • .
Report ThisConteúdo Inadequado? Avise-nos

Tratamento ortomolecular é capaz de detoxificar o corpo e combater a celulite grave!

Como o próprio nome já diz, a lipoescultura gessada promove uma espécie de lipo, com o objetivo de esculpir o corpo através do equilíbrio das células, sem a necessidade de procedimentos mais invasivos como cirurgias plásticas.

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, o tratamento estético não é feito com gesso, é feito com produtos ortomoleculares. A aplicação leva em torno de uma hora e os resultados podem ser potencializados com a somatização de alguns aparelhos de estética. Os produtos utilizados durante o procedimento são todos genuinamente ortomolecularesque e são os responsáveis por enviar o que o corpo precisa, realizando uma destoxificação de dentro para fora.

Promovida exclusivamente pela Bothanica Mineral®, a técnica promete queimar a gordura, tratar todos os tipos de celulite e melhorar a flacidez. Os resultados costumam aparecer já em 48 horas, estimulando a harmonização do corpo por meio da eliminação de metais pesados, sendo necessárias uma média de 6 a 10 sessões para o resultado final.

A lipoescultura gessada também possui inúmeros benefícios, como a perda de medida de forma natural, a destoxificação do organismo, o aumento de transporte dos aminoácidos, drenagem linfática e oxigenação do tecido conjuntivo. Promove ainda uma espécie de varredura dos radicais livres, onde esses em excesso causam o envelhecimento e o aparecimento de doenças. Por harmonizar as células, a técnica também pode auxiliar no emagrecimento. No entanto, para melhores resultados, é recomendável que haja acompanhamento de uma profissional habilitada.

Dra. Andressa Moraes

O tratamento é indicado para todo tipo de pessoa sadia, no entanto, a Fisioterapeuta Dermatofuncional Andressa Moraes destaca que é fundamental avaliar e conhecer o paciente, pois cada um precisa de um protocolo específico e diferenciado para se obter um melhor resultado.  Além disso, a avaliação também é importante para identificar possíveis contraindicações.

 O que fazer para que o tratamento tenha maior durabilidade?

“É preciso manter um corpo bem hidratado, uma alimentação equilibrada e uma prática regular de exercícios físicos. Mesmo que haja certa relutância, com o tempo, o organismo se acostumará com esses bons e saudáveis hábitos”, explica a Dra. Andressa Moraes.

Dra. Andressa Morares: Pós-graduada em Fisioterapeuta Dermatofuncional, com  formação Internacional em Drenagem Linfática pela Escola Leduc e também pela Escola Godoy & Godoy, além de formação Internacional em Diplomatura em Fisioterapia Dermatofuncional, relizada no Chile. É graduada em Fisioterapia pela Faculdade Integrada de Santa Fé do Sul – Funec Fisa (2004). Atuou como Coordenadora do Setor de Fisioterapia da Prefeitura Municipal de Pederneiras, de 2005 a 2012. Atualmente, é Proprietária da clínica Espaço Andressa Moraes, desde 2005, e Diretora na empresa Moraes & Tartari – Distribuidora e Cursos, desde 2016. Também é Especialista em Acupuntura. |

Última modificação em 19 Maio 2017