Publicado em Tecnologia

Wittel contrata Luis Kazuo como diretor comercial e tem meta agressiva de crescimento para 2017

por em19 Maio 2017 270 acessos
  • .
Report ThisConteúdo Inadequado? Avise-nos

Empresa que lançou o “WE Tools”, metodologia de análise contínua das soluções implementadas, espera crescer 30% em 2017

Dentro da proposta de investir cada vez mais em uma venda consultiva e focada na experiência do usuário, a Wittel, uma das primeiras empresas brasileiras a trabalhar com soluções para Contact Center no País, anuncia Luis Kazuo Nishi como diretor comercial. Com mais de 20 anos de experiência no setor, o executivo, que já ocupou cargos de liderança na Cisco e na Arkadin, assume o desafio de acelerar o crescimento da corporação – a estimativa é de 30% para este ano.

Segundo Kazuo, ele aceitou o convite da Wittel por entender que a empresa tem um compromisso com o futuro, ao investir em processos que tornam o dia a dia dos clientes mais produtivos e eficazes. “Não vendemos tecnologia, mas resultados de negócios apoiados no ‘WE Tools’ (Wittel Engagement Tools), que mostram - na prática - como o cliente pode ir além, para atingir seus objetivos de negócios”, afirma o diretor comercial.

O “WE Tools” é composto por quatro serviços distintos e complementares: o Intelligent Services, que faz a conexão entre os objetivos de negócio do cliente e a utilização das ferramentas contratadas; o Support Services, que garante que as soluções permaneçam operacionais e com o melhor desempenho possível; o Remote Service Monitoring, responsável pelo monitoramento on-line das soluções/plataformas, além do Management Services, que disponibiliza profissionais especializados de maneira dedicada ao cliente.

Alinhada ao processo de transformação da Wittel, que completa 25 anos em 2017, a área comercial assumirá uma postura mais proativa dividida em quatro verticais – Finanças, Outsourcers, Multisectors e Comercial. A ideia é os clientes tenham um único ponto focal de atendimento de suas demandas, com uma abordagem mais consultiva.

“O cliente ouve dos fornecedores de TI uma série de promessas. Mas quem garante que elas serão concretizadas? A Wittel, com seu ‘WE Tools e provas de conceito, pode garantir os melhores resultados, a partir do monitoramento das informações em tempo real em seu Command Center. Esta divisão encaminha as informações para o Customer Success Group (CSG) que, por sua vez, gera insights estratégicos que promovem engajamento, eficiência e uma melhor experiência do usuário”, explica Luis Kazuo.

Ao longo deste ano, o diretor comercial quer ampliar a participação da Wittel no setor de Multisector, que inclui varejo, indústria, educação e healthcare. Uma das metas é também conquistar pequenas e médias empresas (mercado SMB), que estão dispostas a investir no modelo “as a service”, sem a necessidade de altos investimentos em data center.

“A reestruturação de toda a área de vendas contribuirá para que a Wittel alcance suas metas agressivas em um ano comemorativo para a empresa”, destaca Kazuo, que é formado em Engenharia Elétrica pela USP, com Pós-graduação em Engenharia da Computação pela entidade e MBA pela Fundação Getúlio Vargas.

Sobre a Wittel

         Prestes a comemorar 25 anos de experiência, a Wittel integra as necessidades das empresas com ferramentas de comunicação disponíveis no mercado. Tudo isso por meio de soluções que auxiliam nas interações internas (entre colaboradores) e com seus clientes, tornando o dia a dia mais produtivo. Oferece soluções de conferências e colaboração, contact center, trading floor, além de todas as aplicações voltadas ao processo de qualidade e eficiência no atendimento, tanto no modelo OnPremise como também na nuvem. Mais informações: www.wittel.com.

Informações para a imprensa

DFreire Comunicação e Negócios

(11) 5105-7171

Debora Freire – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Luciana Abritta – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.